Fruta Feia CRL

Gente bonita come fruta feia

A cooperativa Fruta Feia surge da necessidade de inverter a tendência de normalização de frutas e legumes que nada têm a ver com questões de segurança e de qualidade alimentar.

A preferência dos canais habituais de distribuição por frutas e legumes “perfeitos” em termos de formato, cor e calibre acaba por restringir o consumo aos alimentos que respeitam determinadas normas estéticas. Esta exigência resulta num desperdício de cerca de 30% do que é produzido pelos agricultores.

Assim, a Cooperativa Fruta Feia visa combater uma ineficiência de mercado, criando um mercado alternativo para a fruta e hortaliças “feias” que consiga alterar padrões de consumo. Um mercado que gere valor para os agricultores e consumidores e combata tanto o desperdício alimentar como o gasto desnecessário dos recursos utilizados na sua produção.

Todas as semanas a Fruta Feia trabalha directamente com os produtores da região. De manhã recolhe nas suas hortas e pomares as hortaliças e frutas pequenas, grandes ou disformes que os produtores não conseguem escoar. Entre as 14h30 às 17h00, com a ajuda de uma equipa de voluntários, monta cerca de 300 cabazes que depois, entre as 17h e as 21h, vende aos consumidores associados à cooperativa em pontos de entrega fixos que podem ser consultados aqui.

Classifique e deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

A Fruta Feia tem 11 pontos de entrega na região de Lisboa, Porto e Braga que funcionam das 17h às 21h, para os consumidores que se associaram previamente à Cooperativa. Os pontos de entrega podem ser consultados em https://frutafeia.pt/pt/rede-ff/delegacoes
ong ngo ONG